Imposto de Renda 2019

Umas das diversas formas do governo arcar com os investimentos nos estados, manter os programas sociais de um pais é através do imposto de renda 2019. O cidadão contribui anualmente com imposto, isso de acordo com sua renda, sendo que quanto maior a sua renda, maior será sua contribuição para o IRPF 2019.

Imposto de Renda 2019

Imposto de Renda 2019

Tabela Imposto de Renda 2019

Existe hoje uma regra geral, definida pelo Governo, mas que pode sofrer reajustes muitas vezes para saber que deverá pagar ou não imposto de renda, essa regra é dada dentro de faixas de rendimento estipulado pelo governo em forma de tabela, essa mesmo é progressiva. Para 2019 esse mesma tabela sofreu um reajuste de 5% (reajuste esse inferior a inflação), ou seja, o cidadão terá que pagar mais impostos nesse ano. Confira a tabela imposto de renda 2019.

  • Trabalhadores cujo a renda anual não ultra-passe o valor de R$ 21.453,24 não são obrigados a declarar o imposto de renda, sendo isento do mesmo;
  • Já trabalhadores cujo os rendimentos sejam do ano se encontrem na faixa de R$ 31.151,48 até 32.453,25 possuirá alíquoda de apenas 7,5%;
  • Se o caso for de um trabalhador que recebeu no seu ano anterior de trabalho de R$ 32.151,49 ate R$ 42.869,16 a porcentagem da alíquoda é de 15%;
  • Para quem possuir rendimentos anuais de R$ 42.869,16 até R$ 53.565,72, esse alíquoda dobre para 22,5%;
  • Para todos os outros com rendimentos acima de R$ 53.565,75 tem sua alíquoda aplica na faixa de 27,5% de recolhimento.

Tabela Mensal IRPF 2019

Tabela do Imposto de Renda 2019
Base de cálculo (R$) Alíquota (%) Parcela a deduzir do IRPF (R$)
Até 22.847,76 Isento Isento
De 22.847,77 até 33.919,80 7,5 1.713,58
De 33.919,81 até 45.012,60 15 4.257,57
De 45.012,61 até 55.976,16 22,5 7.633,51
Acima de 55.976,16 27,5 10.432,32

Lembrando ainda que muitos trabalhados que possuem, que trabalhe em apenas um emprego de maneira formal, e ganhei valores onde o montante no final do ano acarretará impostos sobre o seu salário, já terá deduzido diretamente na fonte (ou seja seja desconto na folha de pagamento) os valores dos seus respetivos impostos, mas isso não o isenta e declarar o seu informe anual a receita federal, através do imposto de renda, porém será muito mais fácil e provavelmente você não terá que pagar nada mais, talvez terá ainda algum valor para receber na sua restituição do imposto de renda.

Como Consultar a Restituição do Imposto de renda 2019

Para você que já declarou o seu IRPF e agora busca como consultar a sua restituição do mesmo, fique ligado na dicas abaixo.

As restituições do IR correspondem aos valores que o trabalhador pagou durante o ano no imposto retido na fonte, dessa forma é feita uma audição por parte da receita federal e restituída as pessoas que acabaram pagando mais imposto que deviam. Para saber se você é um dos milhares brasileiros que tem valores para serem restituídos veja como consultar IRPF 2019 passo a passo.

Como Simular o Imposto de Renda

Para simular você mesmo o quando você teria de pagar de IR, basta acessar o site da Receita Federal clicando aqui, onde deverá informar todos os campos e informações solicitadas pelo site, outro ponto importante é que você só poderá realizar a simulação com base nos dados do ano anterior do seus rendimentos.

Imposto de Renda 2019: Declaração

Para você que necessita realizar sua declaração anual de imposto de renda, é importante saber que a mesma ainda não está disponível, mas você já pode ir se preparando e separando todo o necessário para realizar a mesma dentro do prazo de entrega imposto pelo Governo, evitando assim multas e dores de cabeça. Se você é um iniciante e nunca declarou o IRPF na vida confira o passo a passo abaixo:

  1. Em primeiro lugar você precisa separar todos os documentos que são solicitados no momento de efetuar a sua declaração de imposto de renda, são eles: Comprovantes de pagamentos, folhas de salário, gastos médicos, gastos com educação, rendimentos de alugueis, rendimentos de aplicações financeiras, informe financeiro do seu banco, comprovante de compra de bens, como por exemplo carro, moto e imóveis;
  2. Após realizar a primeira etapa você deverá acessar o site da receita federal e realizar o download do programa na página PGD (Página Gerador de Declaração);
  3. Com isso em mãos e o software da receita devidamente instalado em seu computador ou dispositivo, escolha qual o tipo de declaração que você deseja realizar, atualmente você pode optar entre simplificada e a completa, informe todos os campos conforme solicitado e envie sua notificação.

Viu só tudo isso de forma, simples, rápida e fácil.

Se mesmo com toda essa facilidade em declaro o imposto de renda 2017 você não se sentir seguro, procure a ajuda de um profissional, escritórios de contabilidade normalmente realizam esse tipo de serviço e o preço acaba sendo bastante justo para quem não deseja se incomodar com a sua declaração do IRPF 2019.

Ficou com algum dúvida? Pergunte nos comentários que teremos prazer em lhe responder o mais rápido possível.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 4,50 out of 5)
Loading...

12 Comments - Add Comment

Reply